Degusta Vale Recomenda: Estradas e Sabores

  • em 8 de novembro de 2018
  • Curtidas!
  • 8 de novembro de 2018

Amor, comida & duas rodas

por Renata Del Vecchio, 12/10/2018

Dizem que o amor é o ingrediente principal de qualquer boa receita e certamente também é indispensável para aquelas combinações da vida, em que você adiciona tudo sem medida e o resultado final é surpreendente. Se você achou que essa introdução está mais para slogan de tempero, estamos no caminho certo. É que a justificativa para o sorriso fácil e o brilho nos olhos da chef Anouk Rosa, 42, do Donna Pinha, de Santo Antônio do Pinhal, é, literalmente, o amor.

Em pleno Festival da Alcachofra, não é apenas o cardápio do seu restaurante que está na Primavera. A cozinheira, que viveu um período de luto após o seu casamento de 19 anos chegar ao fim e decidiu desacelerar (sofreu com uma disritmia aos 36 anos), abrindo mão de outros negócios para se dedicar integralmente às quatro filhas e ao restaurante que elegeu para se tornar o único, também está com o coração florido. Entre viagens de cura e autoconhecimento, sempre mergulhada na família e no trabalho, ela foi surpreendida por alguém que a cativou.

“Eu tenho esse jeito ‘porra louca’, mas sou super careta. Eu não saio, gosto de ficar em casa com as crianças, sou mãezona de levar para a escola e preparar o que elas vão comer. Fiz muita terapia para me amar e me conhecer porque a pessoa aqui é louca: tem quatro filhos e tinha medo de ficar sozinha. Fiquei um ano trabalhando tudo isso e, foi, então, que conheci o Guilherme”, contou Anouk, ao revelar que tinha acabado de voltar de Nova York, uma viagem solitária que se deu de presente.

“Tenho uma astróloga que me acompanha a vida inteira. Quando eu tinha 30 anos ela falou que aos 40 eu mudaria muito. E realmente mudou. Quando você faz 40, pensa que já foi metade da sua vida e começa a questionar tudo. Passa a pensar no verdadeiro significado de amizade, amor, porque você não tem tempo a perder. Não importa mais aquela televisão ou aquele carro, você só quer viver a vida“, disse.

De carona nessa fase em que está aproveitando a vida também ao lado do novo namorado, Anouk lançou um projeto que une alguns dos seus hobbies: comer bem e andar de moto. Foi, então, que com o coração preenchido de amor por um motociclista surgiu o “Estradas e Sabores”, onde o casal pega a estrada, traça um roteiro incluindo sugestões gastronômicas e hoteleiras, unindo lazer e trabalho.

TUDO NOVO. Essa virada dos 40 anos refletiu em praticamente tudo. Desde sempre muito focada na cozinha, a chef assume que no que diz respeito às relações humanas, as mudanças foram maiores. Consequentemente, o Donna Pinha, que ao longo do ano promove seis festivais (Alcachofra, Pinhão, Queijos e Vinhos, Frutas Vermelhas, Truta e Cogumelos), cresceu 50% em um período de crise porque a cozinheira e empresária foi se especializar em gestão financeira, estabelecendo em seu planejamento para os próximos 20 anos, estudar a cada dois anos.

“Amo andar de moto e ele pilota. Então, resolvemos embarcar juntos nesse projeto, onde a ideia é passear, conhecer roteiros de comida e criar projetos para casais – onde parar, o que comer, etc – e eu também sou sommelier. Como não preciso pilotar, posso beber e sugerir as harmonizações. Mais para frente, quero ir aos lugares e trocar experiências cozinhando com as pessoas”, contou.

NA ESTRADA. Tudo que Anouk e Guilherme descobrem sob duas rodas, é compartilhado em relatos nas redes sociais como, recentemente, fizeram com uma viagem até Paraty (RJ), destino turístico que tem paisagens exuberantes e ótimas opções gastronômicas.

“Nosso próximo roteiro será Aiuruoca (MG). Foi uma oportunidade de fazer o que eu gosto, sem culpa, porque depois de 19 anos casada eu ainda carrego o peso de achar que estou passeando, deixando o meu negócio para trás. Então, deixando com essa cara de ‘projeto’, me sinto menos culpada, porque eu continuo trabalhando bastante e isso me faz bem”, se diverte.

Para saber mais sobre o projeto, siga @estradasesabores no Instagram e no Facebook.

O Donna Pinha fica na avenida Antônio Joaquim de Oliveira, 647, Centro, em Santo Antônio do Pinhal. Telefone: (12) 3666-2669. O horário de funcionamento às segundas, terças e quintas é das 10h30 às 17h. Às quartas-feiras a casa não abre. Na sexta-feira e no sábado, o expediente é das 10h à meia-noite e, por fim, aos domingos, das 10h30 às 17h.

.


Fonte: Degusta Vale / Estradas e Sabores

Diretório Gastronômico:
Artigos